-Percursos sem roteiro

  • A economia galega actual olha para o sul

    Seria bom ir começando a prescindir da perniciosa indumentária provinciana que pretendem seguir vestindo os paladins do ensimesmamento galego. O futuro de Galiza joga-se na franja ocidental que nos constitui e nos acolhe e dela procede o fluxo imprescindível de iniciativas de mudança estrutural que a própria dinámica de concentraçom demográfica nom fai mais que confirmar.

  • Capitalismo, o sistema global sem alternativa

    O domínio sem rival do sistema capitalista mundial acabou prevalecendo sobre os arrepiantes experimentos de engenharia social que foram ensaiados para superá-lo. Branko Milanovic postula o carácter binário do sistema com duas modalidades em aberta competência: o capitalismo meritocrático e liberal, CML, e o capitalismo político autocrático, CPA

  • Käthe Kollwitz na fronteira leste

    A hipótese do progresso ético da humanidade volta a ser desmentida a sangue e fogo; a lógica hobbesiana do homo homini lupus prevalece sobre a da paz perpétua imaginada por Kant. Entretanto, paira sobre nós o cenário de pranto e o terror que o implacável buril de Käthe Kollwitz soube representar em apertado novelo maternal há justo cem anos. A dor nunca mente, a guerra lembra-nos aliás o que temos ainda de horda primitiva.

  • Duas fidalguinhas professas em Sam Paio e um final desventurado

    A comunidade feminina que agora habitava o mosteiro de Sam Paio ocuparia este desde o 23 de Julho de 1499 em que fora constituída por decreto fundacional dos Reis Católicos para pôr fim ao dilatado período de abandono do mosteiro pola crise tardo medieval de vocaçons e patrocínios.

  • Contra o esfarelamento do galego: Um tratado de lexicologia

    O vocabulário está sujeito também a processos degenerativos provocados polo contacto com línguas mais vigorosas e expansivas como é o caso do galego frente ao castelhano e deste frente ao inglês. No caso galego a estratégia correctiva em vigor é tam timorata e servil que mais parece um desmaiado acorde musical. Oferecer-lhe armistício unilateral ao triunfador, como é o caso, equivale a dar a batalha por perdida. Nessas andamos 

  • Exercícios de supremacia geoestratégica: a Franja e a Rota

    O eixo da política geoestratégica chinesa neste século incerto foi nomeado como a Franja e a Rota, Belt and Road Iniciative, BRI. Um projecto enunciado polo presidente chinês Xi em 2013 e elevado à categoria de directriz fundamental da sua política internacional em 2017 com a sua incorporaçom à Constituiçom chinesa

  • Um grande olho dourado perscruta a luz primeira

    O JWST é um prodígio tecnológico desenhado para explorar a banda infravermelha das radiaçons, esse ténue rescaldo apenas perceptível de corpos estelares incipientes ou moribundos. Principia a portentosa aventura da poderosa máquina do tempo desenhada para interrogar o universo primitivo quando apenas contava uns centos de anos e nasciam as galáxias da primeira geraçom. Umha exultante viagem às origens

  • Cumes de desespero

    O ideário moral que inspirara as esperanças emancipatórias parece ter caducado nesta época de expectativas decrescentes e ansiedade apocalíptica